segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Especial Dreamcast

Hoje pela manhã, paseando pelo blog Hadouken, me deparei com várias fotos de propagandas falsas que a galera do NeoGaf fez. Com certeza, doces sonhos com o Dreamcast...









Lançado em 27 de novembro de 1998 o Dreamcast foi (infelizmente) o último console da SEGA, o sucessor do Sega Saturn. O Dreamcast foi um console de sexta geração que teve o objetivo de bater tecnologicamente o playstation da Sony e o Nintendo 64. Considerado um console bem à frente de seu tempo, pois foi lançado
a 15 meses antes do Playstation 2 e três anos antes do GC e Xbox, ele falhou em se fortalecer o suficiente antes do lançamento dos novos concorrentes e em Março de 2000, após o Dreamcast ter sido retirado do mercado a Sega abandonou definitivamente o mercado de consoles, focando-se no desenvolvimento de softwares para outras plataformas. O dreamcast possuia um serviço online a Seganet DreamArena onde era suportado internete discada e o mais impressionante, era jogavel. Jogos como Phantasy Star e Quake 3 não davam lag (Eu já joguei na net 56k discadona). Virtual Memori Unit (VMU) era um cartão de memória que continha um visor, com ele você podia jogar mini games (disponibilizados em jogos ou baixados na internete) e/ou salvar seus jogos. Processador: 200 MHz Hitachi SH4 Risc GPU: PowerVR2 CLX25 milhões de poligonos por segundo e contava com armazenamento em GD-Rom.
Obras primas do Dreamcast:
Sonic Adventure 1 e 2



Crazy Taxi 1 e 2


Phantasy Star Online


Shenmue 1 e 2



Power Stone 1 e 2


Resident Evil Code Veronica


Soul Calibur


Skies of Arcadia


Quake III Arena

e muitos outros exelentes jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário