quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Level Up! - Cobertura Gamer na New York ComicCon 2009!

Os sortudos do site Level Up! fizeram uma cobertura na New York ComicCon 2009 entre os dias 6 e 8 de Fevereiro. É um mega evento, cujo principal enfoque é, obviamente, Comics. No entanto, o evento também tem espaço pra jogos, animes e action figures, então tem um pouco para todos.
Veja agora a impressão de David “Stalker” sobre lançamentos do Wii apresentados:
The Conduit - High Voltage - Wii
9 de Junho de 2009
Assim que vi que o famigerado The Conduit estava disponível pros jogadores, fiz questão de testar. Até pq até aqui, o jogo realmente não tinha me convencido, vendo os vídeos e todo o alarde, eu simplesmente não entendia o motivo de tudo isso, parecia ser apenas um jogo bonito no Wii, não o mais bonito, mas no fim do dia parecia um Shooter genérico, nada comparável a jogos como Halo, Resistance ou Call of Duty 4. Será que minha opinião mudou depois de finalmente colocar as mãos no jogo?

The Conduit
Sinto muito dizer meus amigos, mas The Conduit decepcionou. Quem sabe com maior polimento até o lançamento melhore, mas o que eu vi não impressionou.

A demo começa com uma pequena introdução do enredo e bla bla bla. Assim que começa, já começa na ação total, com vários aliens estranhos vindo pra cima de vc. Dois pontos negativos aqui. Primeiro, os ambientes são bem escuros, e o design dos inimigos é bem genérico. Pra completar, mesmo com vídeo componente, a resolução pra variar não ajudou.

Os controles são o esperado de um shooter de Wii. Pointer controla a mira, nunchuck controla o movimento, com seus dois botões servindo pra lock on e abaixar. Já no wii mote, um botão muda da sua arma padrão para granadas, que possuem uma mira diferente, é uma luz, que vc mira no inimigo (um circulo enorme de luz diga-se de passagem) e para arremessar, tem que chacoalhar o nunchuck como se estivesse jogando. Ataque Melee é feito dando uma estocada com o Wiimote. Bom, a sensibilidade não estava satisfatoriamente ajustada, então nem vou reclamar disso, pq aposto que da pra regular melhor, como em Metroid.
Um outro problema do jogo é que, os cenários são escuros, e não existe mapa. Então foi bem fácil me perder e acabar perdendo tempo voltando em um caminho por ter deixado de ver que tinha um buraco escuro na parede escura do caminho escuro que eu não tinha visto. Os caras falaram que não terá mapa na versão final, mas terá uma espécie de luz que indica seu caminho, o que deve ajudar muito.
Pude usar 4 armas no jogo, todas bem clichês. Rifle comum, Rifle alienigena, shotgun e sniper. Nenhuma delas tem nada que já não tenha sido feito. enfrentei 5 tipos de inimigos, os soldados normais, que são símbolo do jogo, meio dourados ou algo assim, uns alienzinhos baixinhos e rápidos, uns voadores e rápidos, e uns meio termo entre os soldados e os pequenos, que era rápido mas mais resistente. E pra completar, um boss, que parecia ter saído diretamente de Starship Troopers, um tipo de alien inseto ou algo assim.
Derrotando o Boss, tinha um pouco mais de demo pra frente, mas a fila tava grande, e o jogo não empolgou o suficiente pra não desgrudar do controle.
Muita gente esta alardeando The Conduit sem ter jogado só pq impressionou visualmente. Os gráficos são bons sim, mas se seus olhos estão acostumados com um X360, Pc ou PS3, não impressionam em nada, até pq Metroid e Mario Galaxy ainda parecem mais interessantes. Pelo menos Metroid é iluminado o suficiente pra ver os detalhes.

Resultado da experiência: Decepcionou. Foi um dos piores que joguei na Comic Con, se eu não esperava muito antes, agora sinceramente tenho certeza de que não comprarei, melhor investir em shooters de alto nível como Bioshock, Killzone, Halo, Resistance e CoD. Não recomendo, confiram por conta própria pq sempre é melhor assim. Mas não esperem uma revolução no gênero. Só causa tanto alarde pela falta de opções no console.


Sonic and the Black Knight - Sega - Wii
10 de Março de 2009
Quem me conhece sabe como me senti jogando Sonic and the Secret Rings. Tem meu Review aqui no site pra isso. A idéia era boa, os trailers animadores, parecia a salvação do eterno mascote da Sega. Pra mim, falhou por uma série de bobeiras. Black Knight é feito nos mesmos moldes, e tenta novamente resgatar Sonic do buraco onde ele se encontra.
E falha novamente.

Sonic and The Black Knight
Não sei qual é o problema do Sonic Team, parece que eles tem por objetivo estragar suas franquias. Primeiro o que melhorou. Agora o jogo é jogado com wiimote e Nunchuck, então nada de ficar virando loucamente o wiimote para fazer curvas em alta velocidade. Agora é bem mais fácil, só usar o analógico. O wiimote é usado para pular e atacar com sua espada (…) enquanto o nunchuck controla movimentos e escudo (…). Além disso, pular é muito melhor, só apertar um botão, nada de chacoalhadas, usadas apenas para atacar com a espada. Isso melhorou. E parou por ai.
Lembram como era um SACO “dar ré”? Em algumas fases, as que eram em um circulo fechado ao invés de uma corrida linear até a chegada, era uma tortura tentar dar ré para pegar algum idem que acidentalmente ficou um passo para trás. Agora, andar pra trás é só apertar o analógico para trás mas….Sonic ainda resiste pra fazer isso!!!! Ao invés de simplesmente andar pra trás, ele tenta te impedir dando passos pra frente! Além disso, o sistema de espada quebra o ritmo desnecessariamente, já que enquanto vc corre, vc tem que dar espadadas em alguns obstáculos pra n perder velocidade. Sem contar quando tem que parar pra defender, ficando parado até poder seguir em frente.
A demo foi até um Boss, que foi uma luta pateticamente fácil, onde sonic ficava parado em frente a ele, e podia andar de um lado para o outro, mas não frente e trás, e tinha que atacar ate que Sonic finalizasse sozinho a luta.
Resultado da experiência: Fraco, muito fraco. Mais decepcionante que o primeiro, pelo simples fato que a simples idéia de um Sonic medieval parece idiota. Passem longe, Sonic morreu.


4 - MadWorld - Platinum Games - Wii
10 de Março de 2009
MadWorld. Platinum Games. Ex-Clover. Atsushi Inaba. Isso diz tudo. MadWorld é a verdadeira jóia da gameteca do Wii pra esse ano. Se vcs esperam muito desse jogo, esperem felizes, é simplesmente FODA!

Madworld

O jogo começa com o anúncio da partida em questão, de vc contra algum outro cara do programa.
Vc tem as opções de bater com os punhos chacoalhando o Wii mote, segurar o gatilho para atacar com sua serra elétrica (consome energia), agarrar para finishers, feitos com movimentos específicos do wiimote ou para agarrar objetos. Além dos padrões, pulo e centralizar câmera. Isso é tudo que vc precisa pra tornar esse jogo em preto e branco totalmente colorido. De sangue. Muito sangue. Visualmente é um espetáculo, arte pura, como é de se esperar dos trabalhos de Inaba. Os gráficos ficam lindos no wii, com um vídeo componente mesmo! Os controles são super simples e satisfatórios, e quando vc ve um inimigo ser despedaçado em uma explosão vermelha só de usar seus punhos, vc sabe que tem coisa boa ai. Da pra usar armas também, que permitem situações legais, como usar uma clava para espancar os inimigos em estilo Baseball, e home-runs são bem vindos.
Sério, esse dispensa apresentações ou comentários, é demais. Na demo vc vai seguindo seu caminho, destruindo tudo e todos em seu caminho, até chegar na sala final, onde vc tem uma espécie de Bonus matador, onde o “jogo” que é televisionado vai te presentear de acordo com a quantidade de mortes que vc causar usando uma prensa de espetos que vem do teto. Lindo. Brutal. Artístico.
Resultado da experiência: Compre. Em pré-venda. Agora.


5 - House of the Dead: Overkill - Headstrong - Wii
10 de Fevereiro de 2009
Sou fã de Rail shooters. Tenho Umbrella Chronicles no Wii e Time Crisis 4 no PS3. Quando vou em uma casa de Arcades, sempre uso alguns créditos nisso. E sempre falei que o Wii é ideial pra Rail shooters. E House of the Dead mostra o por que. Overkill

House of the Dead: Overkill

O wii mote é ideal pra esses jogos pq dispensa a compra de acessórios caros, só usar o controle, apontar e atirar.
Em Overkill, tudo é bem exagerado, o jogo foi bolado pra ser um filme estilo Grind House, é tudo bem Tarantino, bem Planeta Terror. Desde os gráficos que simulam a exibição de um filme B antigo, até os exageros de partes voando e zumbis explodindo. E tudo funciona muito bem.
Conforme vc acumula tiros certeiros, vc acaba por atingir um estado especial onde tudo fica meio câmera lenta, te permitindo acertar mais headshots e assim multiplicar ainda mais seus pontos. Muito legal o efeito e muito util.
Resultado da Experiência: Não tem muito o que falar aqui, se vc curte Rail Shooters, ou mesmo se não gosta, de uma chance a esse aqui, é muito divertido e é um ótimo party game.


6 - Tenchu: Shadow Assassins - Acquire - Wii
3 de Fevereiro de 2009
Tenchu é uma série bem famosa que começou na época do PSX. Inovou por ser um jogo que permitia jogar com Ninjas, mas de uma maneira mais realista, nada como Shinobi ou Ninja Gaiden, a ideia era usar da maior característica dos ninjas a seu favor: a furtividade. Pra isso, valia tudo, desde usar itens ninjas, esconder nas sombras, agua, telhados, o que fosse necessário para cumprir a missão sem ser visto. Pense em Metal Gear Solid com Ninjas e no japão feudal. E era muito legal. Particularmente gostei muito dos dois primeiros, mas no PS2 me decepcionei com o terceiro que foi onde parei. A série teve altos e baixos desde a criação, mas tenho prazer em informar que a coisa melhorou.

Tenchu: Shadow Assassins

Visualmente esta bem bonito, com um ótimo uso de luz e sombra e boa animação. Os comandos ficaram legais no wiimote, e existem muito mais táticas e habilidades do que antigamente. como de costume, um ataque bem colocado em um inimigo desatento resulta em uma animação de assassinato bem legal e silenciosa, o que é ótimo pra se livrar de obstáculos. Além disso, algumas habilidades como um salto super rápido entre arbustos permite uma locomoção bem discreta e estilosa, para chegar em sem alvo sem ser visto.
Pra completar, a movimentação pelas sombras esta linda, com seu ninja ficando invisível sob as condições adequadas. Além disso, é possível apagar chamas para deixar o ambiente escuro, proporcionando assim mais esconderijos.
Resultado da experiência: O wii passou por uma bela escassez de jogos, mas aos poucos tem vindo mais coisa ai. Com jogos como tenchu chegando, o horizonte parece mais favorável. Esse vale a pena. Com licença, vou comprar um.


---------------------

Pena que o Ultra Hipado The Conduit e Sonic And Black Kinght (Coitado do Sonic) decepcionaram... The Conduit tinha tudo para ser o melhor FPS do Wii ever! Sonic, infelizmente tenho que confessar que eu já esperava por isso, é dificil de acreditar nas barbaridades que a Sonic Team tem apostado ultimamente. No mais, fico MUITO ansioso por Mad World, Overkill e Tenchu já estão disponiveis na locadora mais proxima a sua casa!
=]

Confira a matéria na íntegra em Warpzona

Nenhum comentário:

Postar um comentário