domingo, 24 de outubro de 2010

Análise PES 2011


Bom pessoal irei fazer uma pequena análise do novo PES que alguns como eu aguardavam ansiosamente.

Assim que coloquei o game no meu Xbox fiquei surpreso negativamente logo na introdução, com um vídeo em baixa qualidade e uma apresentação nada marcante.

Navegando pelos menus que mudaram bastante em comparação ao game anterior, gostei bastante da forma como foram distribuídos, as cores estão mais vivas, de uma forma geral mudou para bem melhor me agradou bastante.

Vale lembrar que nessa edição teremos dísponivel a Taça Libertadores da América, que conta com vários times brasileiros, o que seria muito bacana, eu disse seria, se não tivessem limitado a utilização das equipes a este campeonato. Isso mesmo você não pode jogar com a maioria dos times fora deste campeonato, nem sequer uma amistoso é possível, não entendi o porquê apenas achei lamentável.

A narração é do Silvio Luis, não acrescenta grande coisa, não é impolgante, e não são raras as situações em que são totalmente desconexas com o que está acontecedo no campo.

Os gráficos não mudaram muito, e o grau de serrilhado esta altíssimo, deixando a sensação de que o game foi terminado as pressas, sem muito capricho.

Bem, finalmente o fator mais importante e que todos aguardavam uma grande mudança, a jogabilidade. A boa notícia é que a mudança de fato ocorreu, isso não é ótimo, mudaram totalmente a jogabilidade se comparada ao game anterior, contudo, se tornou o ponto mais fraco e decepcionante do jogo.

A mobilidade dos jogadores é rídicula, são lentos, não são raras as vezes em que erram um passe de dois metros, não é questão de estar mais difícil, simplesmente é um esforço descomunal conseguir passar bem a bola em situações importantes da partida.

Outro aspecto que achei horrível e que irrita demais é com relação a marcação, por mais bem posicionado que você esteja, por melhor que ataque a bola que está com o adversário, o seu jogador teima em passar por ele sem sequer esticar o pé e tentar roubar a bola. Fiquei com a sensação de que o marcador simplesmente deixa de tentar roubar a bola para que a jogada de quem tem a posse dela possa dar certo.

A bola, bem a bola parece ser mais de basquete do que de futebol, porque será que aumentaram o tamanho da bola, eu hein.

Resumindo, houveram muitas mudanças no novo PES, no entanto, poucas para melhor, na minha opinião houve mais um retrocesso de que um avanço, e o Fifa vai reinar por mais um tempo, é uma pena, estava torcendo muito por uma briga mais acirrada este ano.

Aos viciados em PES é fazer um esforço para se adaptar as mudanças, agora, para aqueles que assim como eu buscam jogar o que se mostra mais divertido, é continuar com o Fifa que esta muito bom, como todo mundo sabe "em time que esta ganhando não se meche" o Fifa vem levando esse ditado muito a sério, e continua sendo o melhor jogo de futebol disponível no mercado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário