quarta-feira, 20 de maio de 2015

Acervo Pessoal: Ratchet and Clank: Up your arsenal


Mais uma semana e mais um acervo. Nessa semana eu trago  um jogo que me tirou muitas horas, não por ser difícil ou chato, mas por ser MUITO f*** e divertido.

Pequena nota antes de começar: Esse foi meu primeiro Ratchet and Clank, então não sei como era nos outros jogos da série anteriores a esse.

A história começa com você relaxando(que delicia cara...) em seu apartamento até ver a noticia que seu planeta de origem está sob ataque. Ao chegar no planeta, você é confundido com um oficial de alta patente do "Exército galáctico" por assim dizer(Eu realmente não lembro o nome, lol). Eles te dão sua primeira arma, primeira de muitas alias, e dai a diversão começa, com você utilizando sua arma para matar todos em seus caminhos. Ao decorrer da história você descobre quem está por trás de tudo isso e vai atrás para por um fim nisso, sendo todo o trajeto até o final do jogo recheado de humor e muitas armas.

Os personagens do jogo são muito carismáticos, e até os mais secundários tem algo engraçado para contar. O jogo é bem humorado do inicio ao fim.

Os controles no inicio podem ser um pouco complicados, até porque a jogatina é frenética e você tem que tomar decisões rápidas. Mas nada que algumas horas resolvam, e no final dessas horas, você vai estar desviando de tiros quase que automaticamente, um bom jogo para treinar seus reflexos.

Como dito no inicio, o jogo possui muitas armas, todas elas que podem ser evoluídas até o lv 10( e 50 se não me engano no pós-game). O legal é que as armas vão mudando de visual ao decorrer dos lvs, então uma arma acaba por ter um visual diferente do inicial. Você pode comprar armaduras também, que diminuem o dano tomado, mas no final das contas, vale mais não ser atingido. O jogo também possui um mini game, que algumas vezes faz parte da história, e outros mini games, como hacking, para que você possa avançar no jogo.

Pessoalmente a melhor parte do jogo, tirando o pós game e as armas, são as missões nos planetas. Deixa eu explicar, após resolver a treta no planeta para qual você foi mandado, você tem opção de realizar missões extras. Essas missões funcionam como uma espécie de operação militar, onde você começa pulando da nave e deve tomar parte por parte o território, realizando objetivos. Raramente é obrigatório, e ao realizar você ganha algo para te ajudar no jogo.


O pós game é apenas um new game+, deixando a dificuldade absurda, as armas com level cap maior, e mais dinheiro para ganhar. Querendo ou não, isso dá um fator replay fantástico pro jogo.

Os gráficos eram "normais" para a época, nada muito UAU, mas nada feio. O humor do jogo te deixa preso aos personagens até...até hoje, eu ainda dou risada ao lembrar das cenas do jogo. Um jogo que ainda vale a pena jogar até hoje.

Veredito final:Uma dadiva dos ninjas(Por causa dos pulos e reflexos que você vai ganhar)

"Semana que vem vou trazer a continuação, Deadlocked. Fiquem ligados!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário