quarta-feira, 30 de junho de 2010

Twinsen's Oddyssey: O estranho jamais será tão familiar

Olá a todos, como novo membro do blog Jogamus, estou aqui para me apresentar e dar minha primeira contribuição. Meu nome é Sem Nome ou simplesmente Sem, como está registrado aqui e antes de começar a despejar aqui meu compartilhado amor por jogos de todos os tipos, devo dizer que fico agradecido aos amigos do blog pelo convite. Muitos aqui se conhecem pessoalmente e jogos e consoles sempre estiveram entre nossos assuntos mais falados - trazer isso à internet é apenas o próximo passo.
Sem mais delongas, começo apresentando o jogo mais marcante de minha infância: Little Big Adventure 2 - Twinsen's Oddyssey. Definitivamente, um jogo para se recordar. Afinal, este não foi o primeiro jogo que tive (aliás, demorei muito a ter este jogo efetivamente), nem Twinsen foi o primeiro personagem carismático com quem me deparei (afinal, tive um NES com o inesquecível Mario 8-bit e um Mega Drive com o igualmente carismático Sonic). Porém, enquanto os jogos em seus respectivos consoles concentravam-se em aventuras em plataforma, os jogos desenvolvidos para computador já gozavam de certa liberdade de roteiro, graças às possibilidades de exploração dos cenários em 3D e maiores detalhes de programação.
LBA2 - Twinsen's Oddyssey é na verdade a continuidade de Little Big Adventure, a primeira aventura do protagonista destes jogos se passa no planeta Twinsun (Sóis-gêmeos). O jogo foi lançado em 1997, na América do Norte e no Brasil (com tradução oficial para o português!), época em que eu com meus 7 anos, passava boa parte do dia na casa de um amigo igualmente viciado em games que tinha o fantástico jogo em mãos. As inovações que o jogo trazia, contando com um fantástico roteiro bem aproveitado, contando com Full Motion Video que permitia cenas entre um evento e outro, além de uma trilha sonora com qualidade de áudio em CD composta por Philippe Vachey, este game possuía todo o necessário para ser envolvente.

O jogo começa com uma proposta simples, sendo narrado pelo próprio personagem Twinsen, que conta sua prévia aventura e como Twinsun tornou-se um planeta pacífico e um excelente lugar para se viver, dotado de mistério e beleza. Durante a narrativa, o jogo já se apresenta em sua qualidade de Full Motion Video, com uma cena que realmente vale mais que mil palavras.
A proposta do jogo começa simples - com um clima tempestuoso atingindo a Ilha da Fortaleza, lar do herói, seu amigo e fiel montaria Dino-Fly se fere atingido por um raio, caindo direto no quintal do protagonista. Twinsen é então requisitado por sua mulher a ir até a farmácia no centro da cidade e procurar um remédio para seu amigo ferido. No início dessa jornada, percebe-se um mundo envolvente e personagens vivos, cada um dotado de voz própria que nos estimulam o contato com o jogo e a exploração de todos os possíveis eventos deste mundo. Ao longo de seu passeio até a farmácia, Twinsen é colocado em uma sinuca, ao ser informado de que não existem remédios capazes de curar um Dino-Fly disponíveis na farmácia e recebe a informação de que há um curandeiro na Ilha do Deserto capaz de curá-lo. Ao tentar ir à balsa para viajar para a Ilha do Deserto, descobre-se que a tempestade impede a balsa de sair, o que leva Twinsen a mais uma bifurcação no roteiro onde as coisas começam a ficar não tão simples assim - o herói decide visitar o Mago do Tempo da cidade para perguntar a ele o que pode ser feito a respeito da tempestade: e aí começa a primeira missão do jogo, onde Twinsen sai em busca do guardião do farol da ilha para que o mago possa lançar seu feitiço de um lugar favorável e assim apaziguar a tempestade.
Feito isto, o jogo mostra seu verdadeiro roteiro em desenvolvimento: ao fim da tempestade, seres de outro planeta pousam em Twinsun.
Os Esmers, clamando serem pacíficos e estimulados apenas por um espírito de paz e curiosidade que os levou à viagem para descobrir uma civilização amiga, aterrissam causando confusão e comentários aturdidos na população twinsuniana. A partir daí, apesar da premissa de acompanhar a vida simples do herói humilde de Twinsun, as pontas se unem para formar um roteiro fantástico que transforma este jogo numa experiência única e certamente memorável. Desde revelar os mistérios da magia de Twinsun até dar um passeio no planeta Zeelich para descobrir qual é a desses estranhos visitantes, Twinsen vai levar você a uma viagem que você vai querer repetir várias e várias vezes (tal como eu faço, pelo menos uma vez por ano). Não deixe a aparência simples enganá-lo: este é um jogo de complexidade e profundidade incomparáveis.
Termino meu primeiro post com um agradecimento aos amigos do blog mais uma vez por terem me convidado e com uma promessa aos leitores : se há um roteiro envolvente a ser explorado, estarei lá para divulgá-lo a todos. Um abraço a todos!

6 comentários:

  1. Puxa vida que belo post!!

    Parabéns cara muito bom mesmo, esse blog esta revivendo o que há de melhor nos games sem dúvida.

    Muito bem vindo ao jogamus meu amigo!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ae cara, grande post e bem-vindo a família! Não conheço esse game, mas já que é recomendação sua, jogarei assim que tiver a oportunidade.

    ResponderExcluir
  3. Clássico dos clássicos!!!
    Quando ganhei meu primeiro computador, foi o primeiro jogo que instalei.
    Era um super jogo para a época!
    Game super envolvente e divertido... e o gráfico era super foda!!
    Pena que o primeiro da série não tenha feito tanto sucesso... apesar de eu ter jogado um pouco e gostado.

    Quando eu tiver um tempinho pegar pra jogar novamente... aHuAHaUhAUHuAH

    Brother!!! Você mandou bem de mais!!!
    Adorei o Post... Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. SHOW DE BOLA!! Parabens pelo review meu brother!! \o\o//o//o\\o/

    ResponderExcluir
  5. Cara muito foda esse jogo ! ja zerei algumas vezes desde a época do lançamento, um dos primeiros jogos que joguei quando ganhei meu primeiro pc. Muito bom vale a pena !

    Meus parabéns ai pela primeira postagem começou com o pé direito!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom Sem ... bem detalhado e comentado esse post, vou ver se encontro esse game tbm... Um Abraço...

    ResponderExcluir